Reality Of Books: Texto: Se nem jeans serve apertado, imagina sentimentos...

Texto: Se nem jeans serve apertado, imagina sentimentos...

Olá pessoas.
Como estão.
Hoje vim dar uma pausa no assunto livros e trazer esse texto tão intenso e verdadeiro  que vi no Conti Outra. Foi um texto que me fez refletir e abrir os olhos, então claro que quis compartilhar com vocês pois quem sabe não ajude também, não é mesmo?

Não fique onde não te cabe. Isso mesmo. Não fique! Você não compra uma roupa dois números menores, nem usa um sapato com a numeração de uma criança, não é? Então, porque aceita ficar em histórias que não lhe servem mais?



Quantas vezes insistimos em fazer parte de algo que não nos cabe? Relacionamentos doentios sufocam, apertam, fazem mal. Chega uma hora na vida que é necessário encarar a realidade: o que não é recíproco, não vale a pena ter. E, isso meu caro, são em todos os tipos de relacionamentos: amorosos, sociais ou familiares.

Quantas vezes você engoliu seus princípios para ser aceito por pessoas que nunca te deram valor? Quantas vezes você abaixou a voz para não parecer ridículo? Quantas vezes você se diminuiu para caber em algo que julgava ser adequado à sua vida? Não se sabote: quem não é capaz de te aceitar em toda a sua essência, não vale a pena ter por perto.

Você não precisa mudar o cabelo, aprender a falar baixo ou deixar de dar essa gargalhada gostosa. Você precisa ser você! E aceite quem quiser. Ninguém irá pagar a fatura do seu cartão de crédito, fazer suas compras, tão pouco comprar suas brigas. Então por que a opinião deles é tão importante? Não se humilhe em troca de aceitação.

As pessoas costumam desprezar o que não podem ter (ou ser). E isso é um problema delas, não seu! Aceite-se como você é. Valorize a sua formação, a sua história, a sua cultura e aprenda que as pessoas irão te tratar como você permitir. Deixe a inveja para quem não sabe ser autêntico.

São raros os que vivem o que sentem, permita-se ser diferente, esqueça os que lhe impões regras e diz como você deve se portar, seja dona e protagonista da sua vida. Não aceite menos do que você merece. Celebre a sua singularidade, sua alegria, sua generosidade. São essas coisas que fazem você tão singular. Seu coração é grande demais para ficar em lugares estreitos.

Sabe, quando nos desdobramos para caber em espaços pequenos, algumas marcas ficam em nossas almas e não saem mais. E, isso, nunca vale a pena! Para nos movermos em direção aos nossos sonhos, precisamos estar leves, sem marcas, sem bagagens. Precisamos deixar o medo de sair da zona de conforto e seguir em frente, sem receios. A sensação de valorização das próprias qualidades e de estar livre de onde não te cabia mais, faz de você uma nova pessoa.

Números menores apertam, corações pequenos não cabem grandes sentimentos e pessoas cheias de si não se preenchem do amor recíproco. Então alargue esse coração. Deixe as velhas roupas, as velhas atitudes e os velhos hábitos, há mais espaço vazio lá fora, esperando por sua coragem, do que seu medo imagina.

Espero que tenham gostado do texto tanto quanto eu, queridos. Até a próximaaaaaa.

20 comentários:

  1. Oi, Catharina!
    Lindo texto. É sempre difícil se livrar de maus hábitos e esse do texto é um deles. Acabamos nos acomodando com situações que não nos cabem, nos deixando levar por falsas promessas e situações incabíveis.
    Livre-se. Livre-se das amarras que o prende e seja feliz. <3
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  2. Que texto lindo e super motivacional! Adorei! Concordo que temos que nos desprender de tudo que nos diminui e nos aprisiona e pararmos de ser "dependentes" das opiniões alheias e sermos mais genuínos e perseguirmos nossos sonhos.

    Beijos,
    Andy - StarBooks

    ResponderExcluir
  3. Olá Cath, tudo bem?
    Menina parabéns pela postagem, esse texto é realmente maravilhoso. Seria bom que entedessemos essas palavras, talvez sair de um coração pequeno demais antes de estar ferido de verdade seja a melhor saida.

    ResponderExcluir
  4. Olá, esse é realmente um texto maravilhoso! Eu até compartilhei no Facebook uma postagem com uma temática semelhante a essa, não devemos ficar onde não somos aceitos, nem tentar nos modificar para essa aceitação que muitas vezes nem vem apesar de todo o nosso esforço.

    ResponderExcluir
  5. Eu já tinha lido esse texto mas tive que ler novamente porque ele é simplesmente incrível!
    De fato, às vezes a gente tenta se espremer em um lugar que não é da gente ou então tenta espremer alguém num lugar a que ela não pertence. Isso não dura muito tempo, mas a dor vai aumentando...
    Uma coisa que gosto de pensar quando quase fraquejo é que a vida é curta e está passando, portanto não vale a pena sofrer por quem não quer ficar ou não me aceita assim ou me dá só metades.

    Beijos,
    Kemmy - Duas Leitoras

    ResponderExcluir
  6. Que texto lindo, só o título já me ganhou! E realmente, as vezes temos que reconhecer que não adianta mais insistir, que amor por dois não é amor, é sofrimento. O texto me fez refletir bastante!

    ResponderExcluir
  7. Ahhhh que textinho mais lindo e envolvente garota! Com toda certeza adorei ter tido a oportunidade de ler logo em seu blog, ficou demais!
    Beijinhos da Morgs!

    ResponderExcluir
  8. Olá,
    Adorei o texto que nos trouxe e as palavras contidas nele realmente nos fazem refletir bastante sobre nossas atitudes e o que realmente queremos, além de nos fazer acordar para ver se estamos sendo nós mesmos ou tentando entrar em uma calça 2 números menores que nosso manequim!

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Simplesmente adorei o o texto. De fato não devemos nos manter aonde não precisamos e não somos queridos, vide a analogia com o Jeans que achei simplesmente perfeita, parabéns!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Oiee Catharina ^^
    Uma frase desse texto me marcou, e eu não consigo parar de pensar nela...haha' "São raros os que vivem o que sentem", isso é tão real que eu fiquei pensando nas várias histórias de amor que já li. Claro, não se enquadra só em romances, mas foi o que me veio à cabeça. Quantos personagens que ficam tentando se encaixar no círculo de amigos do outro, sentindo-se infelizes o tempo todo e esperando uma chance para escapar dali, já não conhecemos? Uma pena que isso não aconteça só no imaginário, né?
    MilkMilks ♥
    Milkshake de Palavras


    ResponderExcluir
  11. Olá Catharina, achei bacana você trazer esse texto que você leu e gostou *-* Logo de cara já curti o titulo e ao lê-lo ele trouxe uma reflexão bem legal e uma mensagem ótima =)

    http://meumundo-meuestilo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi.

    Adorei o texto. Ele me fez lembrar de quantas vezes já não mudamos nosso jeito para se encaixar em algum grupo de amigos ou para agradar alguém. Às vezes devemos deixar nossos medos e inseguranças e se arriscar mais na vida.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Olá!! :)

    Gostei muito de ler o teu texto, pelo tema e pela fluidez dele... Parabéns pelo trabalho!!

    Concordo, seja em que tipo de relacionamento social for não devemos mudar princípios e traços por causa dos outros..!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  14. OOi!
    Que texto incríveeel! Amei Amei!
    Concordo com tudo. E principalmente "quem não é capaz de te aceitar em toda a sua essência, não vale a pena ter por perto".
    Parabéns a autora e a você que nos deu a oportunidade de lê-lo.
    Beijoos!

    ResponderExcluir
  15. Quantas vezes não nos guardamos , nos apertando e deixando de sermos quem somos. Adorei seu texto, você conseguiu exprimir sentimentos que muitos guardam, que muitos não conseguem se livrar. Espero ver outros neste sentido.

    ResponderExcluir
  16. Nossa, que texto ótimo! Trata de assuntos que realmente todos passamos. Sempre tentamos empurrar coisas que já não nos faz bem mais. Parabéns a quem escreveu!

    Um abraço!
    Parágrafos & Travessões

    ResponderExcluir
  17. Uau.
    É um texto profundo e verdadeiro. Quantas pessoas por aí não vivem um relacionamento que já acabou há eras apenas por comodidade ou medo de "não vou achar ninguém melhor".
    Gostei do texto. Ótimo para refletir.

    ResponderExcluir
  18. Oi Cath, tudo bem?
    Achei esse texto maravilhoso e veio em uma hora na qual eu estava precisando muito, então, de certa forma, obrigado.
    Gostei tanto que irei repassar ele para algumas pessoas.

    ResponderExcluir
  19. Acredito muito em não estar onde não se é desejado. Você não merece isso. Amor próprio é tudo o que realmente temos nessa vida e não devemos deixar de nos amar por nada nem ninguém.

    Ótimo texto, ótimas reflexões!

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  20. Oieee
    Nossa que texto maravilhoso, gostei muito de ter tido a oportunidade de ler e me fez refletir bem.
    Beijos

    ResponderExcluir

© REALITY OF BOOKS - 2012. Todos os direitos reservados.
Por: SHAIRA FOTO E DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo