Reality Of Books: Resenha: Não Queira Saber - Lisa Jackson

Resenha: Não Queira Saber - Lisa Jackson

Sinopse: Neste envolvente suspense, o pior temor de uma mãe é apenas o começo de um apavorante pesadelo... Todas as noites, em seus sonhos, Ava vê o filho, Noah. Porém, quando ela acorda, é novamente arrebatada pela verdade aterradora: Noah desapareceu há dois anos, e seu corpo nunca foi encontrado. Quase todos, inclusive Wyatt, o marido meio ausente, supõem que o menino tenha se afogado após cair do cais próximo a sua casa, na Ilha Church. Ao longo desse período, Ava passou a maior parte do tempo internada em hospitais psiquiátricos de Seattle, arrasada pelo luto e incapaz de recordar os detalhes do desaparecimento do filho. Contudo, à medida que suas faculdades mentais voltam ao normal, as suspeitas aumentam. Apesar da preocupação que os outros demonstram, ela não consegue se livrar da sensação de que a família e a psiquiatra sabem mais do que dizem. Será apenas preocupação com o seu bem-estar? Ou medo de que Ava descubra alguma coisa? Estará enlouquecendo? Será que Noah ainda está vivo? Ava não irá desistir enquanto não obtiver respostas; a verdade, contudo, é mais perigosa do que ela imagina — e o preço talvez seja mais alto do que espera pagar.
*Livro cedido em parceria com a Editora Bertrand Brasil 

Ava é uma mulher que perdeu seu filho há dois anos, Noah, que foi vitima de um desaparecimento e seu corpo nunca foi encontrado. Desde então, Ava começou a ter sérios problemas psicológicos e o livro se incia quando ela acaba de deixar uma clinica psiquiátrica onde estava tentando se recuperar de tantos traumas por vontade da família.

Em sua casa, Ava mora com o marido, por quem nunca se sentiu amada, ainda mais depois do que aconteceu a Noah, na verdade, o marido e todas as pessoas ao redor acham que ela está louca, pois Ava cisma que viu o filho em vários momentos quando o caso já foi declarado fechado e o filho dado como morto.

O livro é narrado em terceira pessoa e logo me chamou a atenção por ser de um gênero que adoro: suspense psicológico. Não é uma leitura rápida por ser um livro bem grosso e as letras são pequenas, além de ser capítulos consideravelmente grandes, na verdade, foi mais demorado do que imaginava.

Eu gostei bastante da leitura mas sabe quando você encontra uma narrativa que não funcionou bem com o livro? Pois é. Imagino que o livro seria mais emocionante e rápido se fosse escrito em primeira pessoa, pois me sentiria mais conectada com as dores e sentimentos da protagonista.

O livro é bem tenso e triste em alguns momentos e nós, leitores, tentamos encaixar as peças até o fim. Não é algo tão previsível mas também não é tão impressionante. Uma leitura que instiga bastante mas que eu poderia ter aproveitado melhor se tivesse lido em outro momento, pois ás vezes não estava tão concentrada assim por conta de leituras da faculdade e tudo mais.

A edição está simples e eu particularmente gostei bastante da capa, chamou muito a minha atenção e o título ainda mais. Como disse acima, é um livro grosso e de letras pequenas com capítulos meio demorados. É uma leitura que não agradará a todos mas uma bela dica para quem quer iniciar com o gênero.

15 comentários:

  1. Oi!

    Realmente é muito frustrante quando um livro tinha tudo para ser bom, mas a forma como foi escrito não nos faz se conectar com os personagens.
    Parece ser um livro interessante, gosto de histórias tristes, mas não o leria no momento.
    Ótima resenha :)

    ResponderExcluir
  2. Oii, tudo bem?
    Menina, confesso que fiquei com um pouco de medo deste livro, em relação dele nunca ter sido achado só me deixou muito curiosa, imagino esse livro como se alguém realmente a tivesse espionando, isso me cativa muito.
    Beijão <3

    ResponderExcluir
  3. Olá,

    gostei da sua resenha, mas deve bem frustante quando lemos algo que temos uma boa expectativa e não é bom. confesso que não conhecia o livro e a autora. www.sagaliteraria.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá!

    Se tem recomendação do Harlan Coben, com certeza vale a pena! Eu não o conhecia, mas gostei bastante, mesmo a letra sendo tão pequena. Não costumo ler esse gênero com frequência, mas tentarei me arriscar nessa leitura.

    ResponderExcluir
  5. Oie, Catharina.
    Não conhecia o livro e ele não despertou minha atenção porque não sou de suspense, mas com certeza indicarei ele ao meu noivo.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  6. Ooi
    Não conhecia esse livro e nem a autora. Sempre é bom conhecer novos trabalhos mas, confesso que não gosto muito do gênero. Tenho um livro que até se parece um pouco com esse, mas nem o li.
    Beijoos!

    www.estantemineira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Adoro suspenses e fiquei curiosa com este, mas também gosto de narrativas rápidas. Quem sabe um dia eu arrisco lê-lo? bjs

    www.pegueumaxicarablog.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Catharina tudo bem? Eu também adoro um suspense viu! Pena que não conseguiu se conectar com os personagens tanto como gostaria! Talvez pelo fato de ser em terceira pessoa mesmo!
    Beijos!
    André
    Participe da nossa promoção de março

    ResponderExcluir
  9. Olá! Eu amo livros que tenham um trailer psicológico forte, fico super curiosa para saber o desenrolar da trama. Esse livro parece ser bem intenso, e fiquei curiosa para saber se o filho dela morreu mesmo ou se é apenas a dor de uma pobre mãe. Gostei bastante. Beijo!

    http://livrosepergaminhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oiii
    A premissa me chamou bastante a atenção. Gosto muito de livros com esse foco mais psicológico. Mexe comigo! Apesar das suas ressalvas sobre o narrador. Gostei e se tiver oportunidade lerei!
    Bjus

    ResponderExcluir
  11. Olá, eu ainda não conhecia esse livro e gostei bastante da sua resenha. É uma leitura que eu faria, pois só pela resenha já fiquei curiosa para saber como a trama se desenrolaria, e a Ava também me pareceu uma personagem interessante.

    ResponderExcluir
  12. eu amei tudo no livro menos a parte do 'capítulos demorados' :( gosto de suspense psicológico com narrativa mais fluída, e pelo que notei esse é meio demorado... =T de qualquer forma, a trama me intrigou e eu vou deixar a sugestão anotada aqui...

    ResponderExcluir
  13. Olá, o enredo parece ser interessante, mas confesso que fico um pouco receosa de começar uma leitura desse tipo, a diagramação é uma coisa que influencia muito na minha leitura, se as letras são pequenas e a fonte não ajuda certamente vou perdendo a dinâmica e a coisa vai ficando massante.

    Abraços
    Literaleitura

    ResponderExcluir
  14. Também me amarro em um suspense psicológico. Sério. Quero ler o livro mas fiquei com o pé atrás dos capítulos demorados, eu gosto de capítulos curtos e bem desenvolvidos. Mas só lendo para saber não?
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Oi, Catahrina, tudo bom?

    Eu adoro suspenses psicológicos e a Betrand publica muitos livros bons do gênero. Esse me pareceu bem interessante, mas a parte dos capítulos demorados me fez recuar um pouco. Se a oportunidade surgir, acredito que eu leria. Parabéns pela resenha!

    Abraços,
    http://claqueteliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

© REALITY OF BOOKS - 2012. Todos os direitos reservados.
Por: SHAIRA FOTO E DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo