Reality Of Books: Resenha: Não se apega, não - Isabella Freitas

Resenha: Não se apega, não - Isabella Freitas

Este post faz parte da Promoção Um Mês com Posts Todos os Dias, quem quiser participar ainda dá tempo, concorra a quatro livros bem legais. Clique aqui para participar e saber mais.



Sinopse:
Desapegar: remover da sua vida tudo que torne o seu coração mais pesado. Loucos são os que mantêm relacionamentos ruins por medo da solidão. Qual é o problema de ficar sozinha? Que me desculpe o criador da frase “você deve encontrar a metade da sua laranja”. Calma lá, amigo. Eu nem gosto de laranja. O amor vem pros distraídos.
Tudo começa com um ponto-final: a decisão de terminar um namoro de dois anos com Gustavo, o namorado dos sonhos de toda garota. As amigas acharam que Isabela tinha enlouquecido, porque, afinal de contas, eles formavam um casal PER-FEI-TO! Mas por trás das aparências existia uma menina infeliz, disposta a assumir as consequências pela decisão de ficar sozinha. Estava na hora de resgatar o amor-próprio, a autoconfiança e entrar em contato com seus próprios desejos.Parece fácil, mas atrapalhada do jeito que é, Isabela precisa primeiro lidar com o assédio de um primo gostosão, das tentações da balada e, principalmente, entender que o príncipe encantado é artigo em falta no mercado.Isabela Freitas, em seu primeiro livro, narra os percalços vividos por sua personagem para encarar a vida e não se apegar ao que não presta, ainda assim, preservando seu lado romântico.

Não se Apega, Não é narrado em primeira pessoa por Isabela Freitas, autora e protagonista do livro. Isabela irá nos contar sobre seus relacionamentos, decepções amorosas e principalmente sobre o "apego" e o "desapego". O livro pode ser classificado tanto como "romance" como também "autoajuda" e até mesmo "biografia".

Isabela nos apresenta tudo com muita simplicidade, nos contando sobre o termino do namoro recente de médio prazo e sobre como nós podemos sim ser feliz e em primeiro lugar ter amor próprio antes de ousar amar alguém, e durante o livro tive que concordar muitas vezes com ela, inclusive sobre o fato de casais manterem uma relação por medo de ficarem sozinhos.
Esse assunto é um dos que mais apoio e discuto com as pessoas e também o que mais vejo nos dias de hoje, as pessoas não namoram mais pela verdadeira razão, o amor. As pessoas namoram por status, por medo de ficarem sozinhas ou porque estão simplesmente conformadas e acomodadas com aquela pessoa, com aquela rotina e o medo é tão grande de sair da bolha e ir ver o que o mundo te oferece que acabam decepcionando a si mesmo e aos outros, já presenciei muitos relacionamentos assim e também me envolvi.

Não só assuntos como desapego mas também, como o amor nos ajuda a ser mais felizes, como dar a volta por cima depois de uma grande decepção, seja amorosa ou familiar e por fim, como ficar bem consigo mesma, tudo isso é tratado de uma forma leve, descontraída e ás vezes engraçada pela autora.

Eu imaginava que pelo título, o livro seria um pouco... vulgar ou até mesmo fútil, mas não foi bem assim, pelo contrário, aprendi muita coisa e abri os olhos em alguns momento. Quem vê o título pensa "nossa, deve ser um livro que fala sobre ficar com qualquer um e não se apegar a ninguém", eu pensei isso pelo menos, e fiquei muito feliz de ter sido totalmente ao contrário. Foi uma leitura muito gostosa e válida que ás vezes é necessário em certas ocasiões.

Em alguns momentos o livro se torna sim meio "auto ajuda" e eu não gosto desse gênero, mas depois acostumei com o estilo, então, não fiquei preocupadas em investir na leitura por medo de ser alguma coisa assim, porque é muito pouquinho, quase não se nota. Sem contar que é uma leitura super rápida, então, quando fui me dar conta, já estava no final do livro.

Sobre a diagramação, eu gostei muito, logo que vi a capa. Não sou fã de rosa, mas a capa ficou chamativa e bonita, ao mesmo tempo, sem muita informação, gostei. E por dentro, também foi feito um trabalho muito bonito, adorei. Aliás, sempre me impressiono com as capas e edições da editora, são sempre muito bem feitas.

Então eu recomendo sim uma leitura que não daria nada e hoje, achei muito interessante, vale a pena!

34 comentários:

  1. Oi Cath, tudo bem? Lendo a sinopse do livro já da para perceber que o conteúdo do livro é um pouco mais denso do que você pensava. Tenho vontade de ler, pois sempre falam bem, algumas dicas são muito boas e o livro está bem bonito pelo que pude ver em algumas fotos. Acho muito válida essa mensagem de amar a si primeiro, para depois amar aos outros... e realmente, muita gente mantém um relacionamento por medo de ficar sozinho ou por comodismo.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    A temática do livro parece interessante, já vi algumas resenhas e gostei. Não é um livro que compraria, mas se o tivesse em mãos, leria. Amor próprio é fundamental, creio que os relacionamentos estão fadados a doença da objetificação...
    http://www.poesianaalma.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá!!!
    tenho curiosidade em ler esse livro, por que pelo que percebo pelas resenhas do pessoal ele é meio ame ou odeia, tenho amigos que adoraram e outros que odiaram, até acho que ele não faz meu tipo mas, darei uma chance sim.
    beijão*...*
    http:notinhasderodape.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Olá! Eu acho a capa desse livro muito linda, já inclusive li as primeiras páginas por causa disso, mas acabei não me interessando muito. Mas por causa da sua resenha, pretendo dar uma nova chance a ele. Ler com tempo faz toda a diferença!
    Um abraço,
    www.literasutra.com

    ResponderExcluir
  5. É bom né quando não esperamos nada e acabamos nos surpreendendo. A capa não achei tão interessante, mas a resenha mais uma vez mostrou que o enredo vale a pena.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  6. Oie!
    Já ouvi tanto falar desse livro, mas ainda não conseguir lê-lo. A capa é meio fraquinha, mas a premissa dele é fofa! Está na minha lista!
    Parabéns pela resenha!
    Beijos!
    Blog Cheiro de Livro Nacional

    ResponderExcluir
  7. Oii,
    Gostei da sua resenha mas esse é um livro que não quero ler rs
    Já li muitas notícias sobre a autora e que me lembraram a "personalidade" do livro e por isso dei o meu para outra pessoa.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. As ilustrações desse livro são perfeitas, porém ele é mais direcionado para adolescentes...na minha opinião, eu com 34 anos já o livro acaba não agregando da maneira correta...
    Bjus

    ResponderExcluir
  9. Adorei sua Resenha e amo rosa e to com muita vontade de ler esse livro desde o momento que falaram que ia lança, agora fiquei com mas vontade de ler
    (Amei a Capa)^^
    bjsss

    ResponderExcluir
  10. Adorei a resenha, ja a capa dele não me chamou a atenção. Fazia um tempo que eu vi ele e não me interessei em saber nada, mas agora eu acho que vou le-lo por que fiquei curiosa, talvez eu goste. Obg pela dica

    ResponderExcluir
  11. Oi Catharina,

    Já li este livro há um tempinho, não curti que nem vc, lá na minha resenha eu falo um pouco sobre isso, e n foi por conta da parte meio auto ajuda não. Mas q bomq vc gostou, eu amo as frases célebre da Isabella,foi o q mais curti no livro!!!
    Bjos!
    Aline Praça
    www.leituravipblog.com

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Li Não se apega não no início do ano e gostei bastante. A escrita e o jeito que Isabela conduz o livro é cativante e instigante.
    Fico contente que a leitura tenha lhe agradado.
    Beijos.

    Li
    Literalizando Sonhos

    ResponderExcluir
  13. Eu acho o livro lindo, ele é do tipo que se vende sozinho, fizeram um trabalho gráfico muito bom.
    Já o conteúdo em si confesso que não me atrai loucamente, eu até leria se caísse em minhas mãos, mais pra eu ir comprar, não rolaria.
    beijos

    ResponderExcluir
  14. To louca prq ler esse livro eu gosto muito de ler um livro assim eles sempre ajuda agente principalmente na tpm kkkkk q faz agnt rir e fala sobre o amor real nao um conto de fada ( apesar que também amo contos de fadas )
    Com certeza vou arrumar dinheiro e compra ^^

    ResponderExcluir
  15. Não me lembro onde foi, mas há poucos dias vi uma resenha com criticas bem negativas deste livro, mas ainda assim não consegui vê-lo com maus olhos, e sua resenha aumentou minhas esperanças de que seja um livro interessante, principalmente porque também sou da opinião do 'antes só que mal acompanhada', muitas pessoas tem tanto medo do 'sofrimento de se estar só' que não percebem que sofrem muito mais em companhia do parceiro. De que adianta? Enfim, apego ao que e a quem nos faz bem é ótimo, mas, se não faz, adeus!

    ResponderExcluir
  16. Confesso que fiquei com pé atrás em relação a esse livro por ele parecer auto ajuda. Só que todas ou quase todas as resenhas dele que eu li, falam bem... Acho que darei uma chance!
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  17. Confesso que fiquei com pé atrás em relação a esse livro por ele parecer auto ajuda. Só que todas ou quase todas as resenhas dele que eu li, falam bem... Acho que darei uma chance!
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  18. Confesso que fiquei com pé atrás em relação a esse livro por ele parecer auto ajuda. Só que todas ou quase todas as resenhas dele que eu li, falam bem... Acho que darei uma chance!
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  19. Oi Catharina, tudo bem?
    Comprei esse livro pois achei que fosse um chick-it pela sinopse, me arrependi e troquei.
    Não curto auto-ajuda e a forma que a Isabella abordou o tema do desapego não me agradou.
    Mas a diagramação e capa dele estão perfeitas!
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
  20. Logo de cara, pensei que esse livro seria mais legal, mais vi que ele abordava bem mais a premissa de auto ajuda então não curi muito , .porém as mensagens são bem intrigantes, e a capa é bem atraente.

    ResponderExcluir
  21. Oi, tudo bem?
    Confesso que apesar de achar a capa e a diagramação desse livro muito lindas, eu tenho um certo receio em realizar essa leitura.
    Já li algumas resenhas dele aqui na blogosfera e algumas foram bem negativas então fiquei com um pé atrás com ele.
    O fato de ele ter um pouco de auto ajuda também não me anima muito então não sei se faria essa leitura.

    Beijão ;*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  22. Acho que ta na hora de eu mudar a concepção sobre livros de auto-ajuda... Tenho um parado na estante e ainda não o li porque fico pensando "ah, auto ajuda, eu não preciso disso", mas cada vez mais vejo que todo mundo lê e realmente tira algo bom da leitura.
    Legal e corajoso da parte da autora escrever no livro se colocando como protagonista e contando coisas sobre si.
    Certeza que quando eu me decidir de vez e for ler auto-ajuda, "Não se apega, não" vai ser um dos primeiros.

    ResponderExcluir
  23. Oi Cath!
    Esse livro nunca chamou minha atenção, a capa não me atraiu nem a sinopse.
    Tua resenha, como sempre, está muito bem escrita e me fez ver que a obra realmente não é para mim, não faz meu estilo. O fato de alguns trechos beirarem o "auto ajuda" já me desanima muito!

    bjs

    ResponderExcluir
  24. Oii sabia que eu me apaixonei por esse livro de diagramação perfeita?
    Eu não o conhecia, mas eu fui vendo quotes na internet e quando vi... pah queria ler e não me arrependi. Estava em uma fase ruim quando o peguei para ler e ele me ajudou muito sabe... eu o vejo como um livro de auto ajuda diferente.

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  25. Eu não tive interesse em ler por causa deste lado auto-ajuda, não curto livros do gênero, mas se você cita que não é tão voltado para este lado, quem sabe eu leia uma hora dessas.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  26. Hey, tudo bem?

    Acho toda a ideia desse livro muito interessante e mesmo tendo um vibe um pouco de auto-ajuda e eu não curtir histórias/livros assim tenho vontade de conferir um pouco esse livro.

    Beijos,
    Dois Dedos de Prosa

    ResponderExcluir
  27. Oiee

    Achei a premissa do livro muito interessante, gostei muito de tudo e pretendo ler em breve adoro livros que trazem boas mensagens e hoje é dia é difícil realmente mudar na vida amorosa principalmente as mulheres que parecem que dependentes emocionalmente né.

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  28. Ola Lindona acredita que comecei a ler o livro e acabei parando, eram tantas leituras que deixei de lado, eu gostei da forma simples que a autora escreve no livro e as situações são as que muitas mulheres já viveram ou irão viver . Eis o grande sucesso do livro ser normal rssss . Espero terminar a leitura . beijos

    Joyce
    wwww.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  29. Olá! Tenho este livro há algum tempo. Já li algumas páginas, mas ainda não parei para lê-lo por completo. Confesso que você me surpreendeu. Eu fazia uma ideia completamente diferente deste livro. Pensava ser algo do tipo mai alto ajuda. Nada contra, leio e gosto do gênero. Mas você me fez pensar e olhar para ele de outra maneira. Adorei sua resenha!

    Abraço!
    Vanessa Vieira
    Pensamentos Valem Ouro

    ResponderExcluir
  30. Se tem um livro que eu não tenho vontade de ler é esse. Não é nem pela ideia do livro ser de auto ajuda, mas ele sempre me pareceu ser uma dor de cotovelo =( Sei que pode ser meio "preconceito" da minha parte, mas não me sinto interessada pelo livro.

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  31. Ola tudo bem, a capa desse livro é bem legal, sobre o livro quero ler somente para saber porque ele divide tanta opinião assim, lendo sua resenha achei interessante, verei em breve minhas impressões! Bjkas

    ResponderExcluir
  32. Oi Catharina, tudo bom?
    Esse livro a princípio não tinha despertado meu interesse, mas gostei da premissa depois de algumas resenhas. Parece ser um bom livro para pensar sobre os relacionamentos atuais. Minha irmã tem um exemplar e estou pensando em ler.
    Beijos.
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  33. Oi, tudo bem? Gosto da capa desse livro, Mas ele nunca me chamou a atenção para a leitura porque eu acreditava que era auto ajuda, gênero que eu não curto. Bom saber que, apesar de algumas nuances de auto ajuda o livro tem um outro tipo de escrita! É muito bom quando uma leitura nos surpreende positivamente!

    Beijos

    Mari
    cantinhodeleituradamari.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  34. Oi, tudo bem?

    Eu comecei a ler esse livro e até gostei, mas chegou em um momento em que eu fui perdendo o interesse e acabei não terminando de ler. Quem sabe um dia eu termino.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

© REALITY OF BOOKS - 2012. Todos os direitos reservados.
Por: SHAIRA FOTO E DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo