Reality Of Books: Resenha: História Zero - William Gibson

Resenha: História Zero - William Gibson


Sinopse:“História Zero”, assim como em Reconhecimento de Padrões e Território Fantasma, explora o lado mais sombrio do marketing e o cenário conturbado do pós-11 de setembro e da crise global de 2008. A nova meta do ambicioso Hubertus Bigend é controlar o fornecimento de uniformes militares nos Estados Unidos e se valer da crescente influência desse estilo no mercado mainstream. Para tanto, ele busca aliciar o criador anônimo de uma obscura e desejada marca de roupas que virou febre entre consumidores do mundo inteiro. A ex-roqueira e jornalista Hollis Henry está praticamente falida. A contragosto, ela aceita a proposta do bilionário belga para rastrear e identificar o misterioso designer. Nessa missão, Hollis contará com a ajuda de Milgrim, um tradutor ex-viciado em drogas cuja drástica reabilitação fora bancada pelo próprio Bigend. Mas o trabalho de ambos chama a atenção de concorrentes indesejados, dando início a uma delirante perseguição que acaba envolvendo um agente do governo norte-americano, o intrépido namorado de Hollis e até mesmo o ex-baterista de sua antiga banda.

*Livro cedido pela Editora para resenha

Olá, como estão? Aqui é o Gustavo. Para minha resenha de hoje, trago mais um livro da editora Aleph (deu para ver que curto bastante ela né), o último livro da trilogia Blue Ant de Willam Gibson, que apesar de ser uma série de livros que as histórias se conectam, não precisa necessariamente seguir uma ordem.

O livro nos apresenta a história de dois personagens que eu tomei ambos como protagonistas, sendo que eles são de uma mesma importância no enredo, Hollis Henry, uma ex-roqueira prestes a falir e Milgrim, antigo dependente químico e em processo de reabilitação, os dois personagens são contratados de um bilionário interessado em controlar o fornecimento de uniformes militar nos Estados Unidos e tem como objetivo localizar um designer de uma marca de roupa que virou febre no mundo inteiro!
Bom, em relação a tiragem do livro, como sempre a Aleph está de parabéns, material sempre de qualidade e nenhum erro gramatical.
Como primeiro livro que li do autor, estava com expectativas muito alta devido a popularidade que ele tem com Neuromancer, primeiro que já tive que me soltar das amarras da ficção científica que eu amo tanto, pois apesar de se encontrar presente na história, ela é bem pouco influente, pois bem, soltado dos meus grilhões e aceitando que se tratava de um livro que conta muito sobre economia e marketing, eu pude curtir melhor a proposta do autor, mas ainda assim senti que o mesmo pecou em algumas partes, Willam Gibson tem o dom de detalhar muito bem seus cenários, mas as vezes eu senti como se ele tivesse focado em coisas totalmente desnecessárias, além de não conseguir me fazer comprar a personagem Hollis que parece não ter vontade própria na história, até mesma a amiga Hendi fez mais que a coitada, quando o namorado dela entra em cena lá nos finalmente do livro, que ela perde total postura na história MESMO! Gosto quando me dão uma personagem feminina forte e que toma o controle da situação e a Hollis que era para estar nesse papel, ficou devendo muito.
Mas História Zero tem sim seus pontos positivos, o cabeça por trás de tudo, Hubert Bigend tem uma incrível visão do mundo, dado como um simples curioso por qualquer situação, é o tipo de pessoa que sempre tem algo de valioso a dizer, o modo como ele critica a rotina como algo que consome as pessoas aos poucos é genial!
Enfim, História Zero é um bom livro, mas indico a quem estiver com interesse de ler Gibson, começar por "Neuromancer" ou com "A máquina diferencial", ambos muito bem aclamados pela crítica e de grande importância pelo pioneirismo no Cyberpunk.

Resenha escrita por GUSTAVO FRAGA

26 comentários:

  1. Ótima resenha!!!! .William Gibson tem um talento para gerar idéias novas e interessantes. Depois de se acostumar com o estilo de escrita de Gibson, a recompensa valerá a pena neste livro, História Zero pelo o que li ele é focado em torno de temas apresentados por Gibson nas páginas de Reconhecimento de Padrões, como o que vestimos pode definir o nosso lugar no mundo e sublimar nossas próprias personalidades.percebi também que
    O livro tenta criar correlações entre moda, a comunicação e a tecnologia. sem contar que tem um trabalho editorial impecável. inclusive ótima indicação, e ótima resenha..parabéns.
    *---*

    ResponderExcluir
  2. Não acho que seja o tipo de livro que eu leria, não foi aquele "bum" à primeira vista, mas gostei da resenha.

    ResponderExcluir
  3. Catharina, nunca li nada do Gibson, mas pretendo começar por Neuromancer. O que você acha? :)
    Também adoro a Aleph, os livros são sempre muito bem editados, o trabalho é de excelência. <3
    Um beijinho,
    Monalisa
    www.literasutra.com

    ResponderExcluir
  4. Nunca li nada do autor, mas achei bem interessante a premissa do livro e sua resenha foi muito explicativa o que despertou o maior interesse pelo livro,
    Bjus

    ResponderExcluir
  5. Nossa, que resenha linda. Adorei a sinopse do livro e adoro livros que trazem personagens que são marginalizados. Esse, com certeza, vai para minha lista de comprar que só cresce.
    http://www.poesianaalma.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá! Gostei muito da sua resenha!
    Ainda não li nada deste Autor, mas me interessei bastante com a premissa do livro.
    Um grande beijo!
    Blog Cheiro de Livro Nacional

    ResponderExcluir
  7. Não sou muito fã de livros assim, mas sua resenha ficou ótima, não deixou a desejar em nenhum ponto, dá pra perceber que você ama o que faz, fiquei um pouco curiosa a respeito do livro, a capa é linda e tenho certeza que a história é interessante.
    beijos

    ResponderExcluir
  8. Ainda não li nada do autor, mas já venho ensaiando começar com Neuromancer a algum tempo. Este em si não foi um livro que me chamou muito a atenção, a capa é legalzinha e sua resenha ficou legal, mas acho que não é muito meu tipo de livro. Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Oi catharina, ainda não li nenhum livro do autor, e confesso não fiquei empolgada com este. O enredo não me chamou atenção e a capa não me empolgou.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  10. Tenho muito interesse em ler Neuromancer. Já História zero não despertou meu instinto de leitora.

    Tenho que te parabenizar pela resenha. Em poucas palavras você nos deu uma visão do todos do livros.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bem?
    Não conhecia o autor e não sei se leria algo dele no momento.
    No entanto gostei muito da sua resenha.
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
  12. Olá, Gustavo. Eu estou louca para ler Neuromancer. Quero começar por este livro. :) Agora História Zero, não chamou tanto minha atenção no momento, quem sabe depois de conhecer outras obras. Adorei a resenha.

    beijinhos

    http://livrosfilmeseencantos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Olá Gustavo.
    Adorei a sua resenha, porém o livro realmente não me interessou apesar de parecer bem interessante. Não conhecia o autor, nem os seus livros por não fazerem parte do meu genero literário preferido :/

    beijos
    Mayara

    ResponderExcluir
  14. Oi Gustavo! Mais uma resenha perfeita! Estou adorando lê-las :)
    Esse livro me chamou a atenção desde o início, logo na sinopse eu já me identifiquei e no decorrer da resenha eu decidi que tenho de lê-lo!!! Gosto de histórias assim e vai ser bom fugir um pouco da fantasia...
    Abraços

    ResponderExcluir
  15. Oi Gustavo!
    Não conhecia nem o livro nem o autor.
    Acho q não faz muito meu estilo, mas gosto qd encontro personagens valiosos nos livros, inteligentes, sempre com alguma mensagem importante p os leitores!!
    Oi Camilaa!
    Vc tem toda razão, livro q merece ser lido na vidaa!
    Eu li Capitães de areia quando era muito novinha, e lembro que ameii!
    É um livro maravilhoso!!
    Bjos!
    Aline Praça
    www.leituravipblog.com

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo bem?
    Eu já vi esse livro, mas nunca tinha lido nada sobre ele e mesmo não sendo de um gênero que eu costumo ler, fiquei bem curiosa com a história, só não sei quando poderei estar lendo ele :/ Enfim, gostei muito da sua resenha, muito bem detalhada, parabéns o/

    Beijos :*
    Larissa - http://srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Ola Gustavo a premissa do lviro não me chamou muito atenção, mesmo com sua resenha com elogios . Fico feliz que tenha gostado da leitura. Parabéns a Editora pela edição. abraços

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  18. Poxa Gustavo, adorei sua resenha e já anotei as dicas! Vou ler Neuromancer com certeza, mas me interessei também por esse livro, amo ficção científica, adicionei pra minha lista!
    www.zombieffect.com.br

    ResponderExcluir
  19. Olá Gustavo, como vai? É a primeira resenha que leio tua e adorei! Sempre preso por uma opinião sincera haha
    Esse é um dos livros que eu quero muito ler, e agora fiquei ainda mais curiosa. Se eu pudesse eu leria todos os livros da Aleph, mas até agora não pude ler nenhum :/

    http://ocasulodasletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Oi, não gostei muito da história do livro, mas a resenha tá legal!
    http://letrasemvida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Oi Gustavo ^^
    Faz um tempo que estou planejando ler algo deste autor, mas estava em dúvida de por onde começar.
    Acho que vou seguir tua indicação e começar por Neuromancer. Fiquei bem curiosa para conhecer a escrita do autor, espero gostar e não parar mais hahaha

    bjs

    ResponderExcluir
  22. Olá!
    Ótima resenha, parabéns.
    Não faz muito meu estilo, mas fiquei um pouco curiosa com a leitura. Ainda não li nada da editora mas ainda pretendo conferir o trabalho deles.
    Beijos
    Carolina
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  23. Otima resenha e bem argumentada. A capa destw livro é muito clean, não é o tipo de livro que chamaria minha atenção em uma livraria, mas não devemos julgar um livro pela capa não é mesmo?

    http://leiturasdamary.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Otima resenha e bem argumentada. A capa destw livro é muito clean, não é o tipo de livro que chamaria minha atenção em uma livraria, mas não devemos julgar um livro pela capa não é mesmo?

    http://leiturasdamary.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Oi, Gustavo. Adorei a sua resenha. Tenho interesse em começar a ler o autor e agora já sei que não devo começar por esse. Gostei que você apresentou tanto os pontos negativos, quanto positivos da obra. :) Deixarei esse livro 'reservado' para depois de ler os outros do autor. Beijos!

    ResponderExcluir
  26. Oi Catharina e Gustavo, tudo bem?


    Não conhecia o livro, mas confesso que não é uma leitura que esteja dentro da minha zona de conforto. Nunca li nada da editora Aleph, mas acho que não começaria por esse livro.

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir

© REALITY OF BOOKS - 2012. Todos os direitos reservados.
Por: SHAIRA FOTO E DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo