Reality Of Books: Resenha: O Ultimo Homem do Mundo - Tais Cortez

Resenha: O Ultimo Homem do Mundo - Tais Cortez



Sinopse:
"O último homem do mundo" conta a história de Amanda, uma jovem de dezesseis anos que é matriculada contra sua vontade no Educação de Elite, o colégio interno mais renomado do país, onde apenas os filhos da elite nacional estudam. Sua mãe, uma atriz mundialmente famosa, não sabe como lidar com a filha. Amanda é uma rebelde e tem personalidade forte. Determinada a conseguir ser expulsa, ela é capaz das maiores loucuras. O que ela não esperava era fazer amizades que a farão rever seu plano...e que fosse se apaixonar perdidamente pelo último homem que sua consciência escolheria...
*Livro cedido pela autora para resenha.




Amanda é uma garota de dezesseis anos, rebelde e determinada. Sua mãe é uma atriz muito famosa, e desde que ficou assim, Amanda se sente sozinha e excluída. Sempre era expulsa dos colégios, então, sua mãe decidiu coloca-la no Colégio Elite, o melhor do país, e lá ela fará de tudo para ser expulsa, até que conhece novas amigas e... Ricardo.

A protagonista é uma garota que mesmo sendo mimada e mal criada é muito determinada e justa, então gostei bastante dela desde o início e ás vezes até me identifiquei com Amanda.
A história corre de um jeito bem interessante e gostoso de acompanhar, principalmente quando Amanda conhece duas amiga dentro do Elite, elas são uns amores e muito fofas, e ajudam bastante Amanda quando ela mais precisa.

"Era inaceitável que ela decidisse sobre minha vida sem considerar minha opinião. Era inaceitável que ela estivesse feliz enquanto eu não estava. E era inaceitável que eu não fizesse algo a respeito."

O livro tem seus momentos super engraçados e que não dá para não continuar lendo, ele simplesmente te prende, a cada capítulo uma nova travessura da protagonista. Quando dei por mim, já estava nas últimas páginas do livro.
Ricardo, é um garoto mimado, garanhão, traidor e grosso, pelo menos no inicio, mas mesmo no começo, já gostei dele, não sei bem o porque. Com o passar do tempo, é impossível não se apegar. Do mesmo jeito que sabe ser idiota, ele sabe ser fofo e romântico.


É uma história muito legal para passar o tempo, bem previsível e simples, então não esperam uma história para chorar ou refletir muito. Apenas um divertimento, que adorei.

"Os livros tinham sido meus melhores amigos por muito tempo. Eles me permitiam fugir da realidade, viver a vida de outras pessoas e esquecer as frustrações com minha própria vida."

Sobre a diagramação do livro, bom, não gostei em nada na verdade. Essa capa não tem nexo, nada a ver com a história, se tivesse uma outra capa o livro seria perfeito. E os erros não foram tantos, mas me incomodou bastante o excesso de "..." em muitas frases que não eram necessárias as reticências. Alguns parágrafos também não foram bem colocados, enfim, acho que faltou uma boa revisão. Mas se esse livro fosse bem revisado com outra capa, com certeza a autora conseguiria atingir seu público alvo.

Só isso mesmo que tenho de reclamar, porque o resto ficou bem legal. Apesar de que a história poderia ser bem desenvolvida em algumas partes, pois demoraria mais para acabar, e eu aproveitaria ainda mais a maravilhosa leitura.

"Pessoas comuns falam sobre pessoas. Pessoas extraordinárias discutem ideias. Pessoas Comuns pensam em si mesmas. Pessoas extraordinárias querem mudar o mundo.Pessoas comuns se cansam quando os obstáculos aparecem. Pessoas extraordinárias encontram forças quando todos já desistiram."

É isso, só tenho que dizer que o livro está muito legal mesmo, super recomendando. Adorei fechar a parceria com a autora, espero ler muitos livros de sua autoria ainda. Obrigada, Tais.


8 comentários:

  1. Histórias simples e previsíveis são as melhores escolhas para aliviar a mente, principalmente após ler um livro que exigiu muito de nós. Creio que esse tipo de história está entre as favoritas daqueles que tem muitas ressacas literárias ( HaHaHa ). Ps: Adorei os quotes que você escolheu.

    Beijos
    http://vidadeleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Cath!

    Boa resenha! Achei o livro interessante, apesar da falta de cuidado que você pontuou. Fico triste com isso que acontece, mas não é culpa do autor.

    Beijão,

    Natalia Leal
    Páginas Encantadas
    http://www.paginas-encantadas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Não gostei muito da capa mas achei o livro bem interessante!

    Forever a Bookaholic

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Já tem esse livro nas Livrarias ? porque não consigo encontrar :( adorei a resenha parabéns :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, carolina! No momento soh em ebook na Amazon: http://www.amazon.com.br/O-ultimo-homem-do-mundo-ebook/dp/B00H580LPO/ref=sr_1_3?ie=UTF8&qid=1398891466&sr=8-3&keywords=tais

      Espero q goste :)
      Bjsss

      Excluir
  6. Não conhecia o livro e confesso que a capa não me chamou atenção. Parece ser um bom livro de leitura leve, gosto de livro assim para depois de uma ressaca literária, pena que a revisão não está boa, isso atrapalha muito na leitura.

    Obrigada pelo carinho. Beijos :*
    Claris - Plasticodelic

    ResponderExcluir
  7. Oi Cath! Gosto muito de leituras mais leves assim, e pelos seus comentários o livro parece mesmo ser uma delícia! Também fico bem chateada quando o livro não recebe essa revisão mais detalhada, mas é sempre bom ver a opinião de leitores/blogueiros para que tudo seja levado em consideração numa possível re-edição. ;)
    Gostei muito de sua resenha! Fiquei animada para ler! <3

    ResponderExcluir

© REALITY OF BOOKS - 2012. Todos os direitos reservados.
Por: SHAIRA FOTO E DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo