Reality Of Books: Resenha: A Última Carta de Amor - Jojo Moyes

Resenha: A Última Carta de Amor - Jojo Moyes




★★★★



Sinopse:
Londres, 1960. Ao acordar em um hospital após um acidente de carro, Jennifer Stirling não consegue se lembrar de nada. Novamente em casa, com o marido, ela tenta sem sucesso recuperar a memória de sua antiga vida. Por mais que todos à sua volta pareçam atenciosos e amáveis, Jennifer sente que alguma coisa está faltando. É então que ela descobre uma série de cartas de amor escondidas, endereçadas a ela e assinadas apenas por “B”, e percebe que não só estava vivendo um romance fora do casamento como também parecia disposta a arriscar tudo para ficar com seu amante. Quatro décadas depois, a jornalista Ellie Haworth encontra uma dessas cartas endereçadas a Jennifer durante uma pesquisa nos arquivos do jornal em que trabalha. Obcecada pela ideia de reunir os protagonistas desse amor proibido — em parte por estar ela mesma envolvida com um homem casado —, Ellie começa a procurar por “B”, e nem desconfia que, ao fazer isso, talvez encontre uma solução para os problemas de seu próprio relacionamento. Com personagens realísticos complexos e uma trama bem-elaborada, A última carta de amor entrelaça as histórias de paixão, adultério e perda de Ellie e Jennifer. Um livro comovente e irremediavelmente romântico.

O livro conta a história de duas mulheres e seus amores, que com o tempo, se separaram. As duas não se conhecem, mas mal sabem que iram mudar a vida uma da outra de uma forma inesperada.
Jennifer Stirling muito bonita e simpática, que sofreu um acidente de carro e agora passa seus dias tentando levar uma rotina normal e como era antes. Suas memórias antigas estão sempre a perturbando. Seu marido, Laurence, tenta ajuda-la nesse processo difícil, assim como seus amigos. E com o tempo ela descobre que tem um amante "B", mas não se lembra quem é.
Ellie Haworth é jornalista. Ela está em busca de uma boa reportagem para sua carreira, mas está bem difícil. Enquanto relia alguns artigos, encontrou uma carta de amor, e é isso que da o início para o livro.

 Assim que vi o livro pela primeira vez, me apaixonei. Sem dúvidas é uma das capas mais lindas que já vi até hoje, e a diagramação do livro também é maravilhosa. Então, criei uma super expectativa, já pensando que seria o melhor livro da minha vida. Pois é, não julgue um livro pela capa.
Não que o livro não seja bom, mas é muito menos do que eu esperava. A história em si, é atraente e até envolvente, consegue nos prender em vários momentos, mas a narrativa - terceira pessoa - não me atraiu muito, pois achei "séria" demais. E em alguns momentos me senti meio perdida, além de não entender a história até certo ponto.
O começo foi super chato e quase cheguei a abandonar. Mas não abandonei e por mai que o livro tenha seus pontos negativos, não me arrependo nem um pouco de ter lido e comprado, pois a história é super diferente.
E apesar de tudo, gostei bastante da história que a autora proporcionou, pois trás bastante romance e fala  sobre perda. É um livro bem complexo, muito bem elaborado, como apresenta  resenha.
Recomendo para todos que gostem muito de romance.
Ganhei a pouco tempo, outro livro da autora "Como eu Era Antes de Você", que por acaso desejava a muito tempo, e por mais que A Ultima Carta de Amor não tenha me conquistado tanto quanto esperei, estou com uma expectativa altíssima para esse livro. A capa é muito linda, maravilhosa e a história parece ser fantástica.

"Quando você me olhava com aqueles olhos ilimitados, deliquescentes, eu me perguntava o que você podia ver em mim. Agora sei que isso é uma visão tola do amor. Você e eu não podíamos deixar de nos amar, assim como a Terra não pode parar de girar em torno do sol"

"Dizem que a paixão arde por uma razão, e, quando se trata de casos, os protagonistas não são os únicos que saem machucados."

"Estar sem você - a milhares de quilômetros de você - não me traz nenhum alivio. O fato de eu já não estar atormentado pela sua proximidade, de já não precisar encarar diariamente minha incapacidade de ter a única coisa que eu realmente quero, não me curou. Piorou as coisas. Meu futuro parece uma estrada desolada e vazia sem você."

6 comentários:

  1. Já passei por isso,criei uma expectativa enorme em cima de um livro,o quis loucamente e quando consigo e leio...não é nada daquilo que você imaginava,isso é o ó viu.
    Já quis ler muito esse livro,mas no momento não quero :/ ,não sei porque apenas perdi o interesse.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito chato isso hahaha.
      Mas se tiver oportunidade, leia sim, você pode vir a gostar mais do que eu gostei, quem saber né kkkk
      Beijos.

      Excluir
  2. Nuss isso sempre acontece comigo, tenho curiosidade em ler esse livro e se eu vier a ler, vou tentar me segurar.
    Beijokas, Brubs
    Livros de Cabeceira
    @IWannaRuffles

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha leia sim. Acontece com todos :c
      Beijos.

      Excluir
  3. O tema parece bom, vou tentar encontrar tempo pra ler

    ResponderExcluir
  4. JA LIIIIIII , AMOOO . SUPER RECOMENDO ! *-*

    ResponderExcluir

© REALITY OF BOOKS - 2012. Todos os direitos reservados.
Por: SHAIRA FOTO E DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo