Reality Of Books: Resenha: Um Dia - David Nicholls

Resenha: Um Dia - David Nicholls





Sinopse:
Dexter Mayhew e Emma Morley se conheceram em 1988. Ambos sabem que no dia seguinte, após a formatura na universidade, deverão trilhar caminhos diferentes. Mas, depois de apenas um dia juntos, não conseguem parar de pensar um no outro. Os anos se passam e Dex e Em levam vidas isoladas - vidas muito diferentes daquelas que eles sonhavam ter. Porém, incapazes de esquecer o sentimento muito especial que os arrebatou naquela primeira noite, surge uma extraordinária relação entre os dois. Ao longo dos vinte anos seguintes, flashes do relacionamento deles são narrados, um por ano, todos no mesmo dia: 15 de julho. Dexter e Emma enfrentam disputas e brigas, esperanças e oportunidades perdidas, risos e lágrimas. E, conforme o verdadeiro significado desse dia crucial é desvendado, eles precisam acertar contas com a essência do amor e da própria vida.



Emma e Dexter sempre foram colegas, mas passam a se conhecer de verdade no dia 15 de julho de 1988, durante uma festa, se esbarram e passam a noite toda conversando, então uma grande e bonita amizade começa a crescer entre os dois.

Depois dessa noite, eles sentem que são muito próximos, tornando-se melhores amigos. Todo dia 15 de julho, durante 20 anos passam a se encontrar para saber como está a vida um do outro, contar novidades e matar a saudade. Algumas vezes estão juntos, outras vezes estão até brigados. Essa é a vida de Emma e Dex juntos.

"Quando você não se preocupa mais com essas coisas, com encontros ou relacionamentos, amor e tudo mais, é mais fácil se sentir livre para tocar a vida real."

É um romance muito bonito, antes de ler ao livro, assisti o filme e me emocionei, chorei muito e corri para ler o livro, como sempre é melhor que o filme. Um Dia tem uma narrativa bem chata, em terceira pessoa narrando a vida de Emma em algum lugar do mundo e Dex em outra bem diferente, assim os dois vão levando a vida, sempre esperando pelo dia 15 de julho.

Apesar da narrativa meio chata, o que salvou e me fez adorar, foi a história que o autor criou, diferente de tudo que já tinha visto, quer dizer, imagina ver a vida de duas pessoas passada em 20 anos, imaginem só quantos acontecimentos, mudanças e amores, e essa foi a graça do livro, ver como os personagens amadureceram e seguiram suas vidas durante esses vinte anos, mas sempre com alguma ligação entre si.

"As pessoas mudam, não adianta ser sentimental a respeito. O negócio é ir em frente, encontrar outras pessoas."
Confesso que o final nos pega completamente desprevenidos e foi outro ponto altíssimo na história, pois achei realista sem ser previsível, ao mesmo tempo que nos dá raiva também nos faz refletir e dar valor a certas coisas, tudo pode acontecer no dia de amanhã.

Oos personagens são extremamente cativantes, por ter assistido ao filme antes, acabei imaginando-os igual, ainda mais a Emma que foi interpretada por Anne Hathaway, uma das minhas atrizes favoritas. Então, essa não foi e não é uma história qualquer, com certeza muito interessante e bonita.

O livro mostra que em nossa vida, toda escolha tem uma consequência, ás vezes pode ser boa, outras vezes não. Nos faz refletir sobre muitas coisas, o que fizemos e o que não fizemos, o que queremos fazer e o que sentimos pelas pessoas ao nosso redor.

É realmente lindo o romance, o final é totalmente inesperado, porém, bem pensado e realista. Simples, porém perturbador. Adorei e recomendo.

6 comentários:

  1. Sou suspeita a falar desse livro pois sou apaixonada por ele. É um dos melhores livros que já li. Realmente o final é bem perturbador, mexeu muito comigo. Mas eu gosto de livros assim, livros realistas sabe?
    Beijos
    utopiaincessante.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muiiiito bom mesmo e bem realista, mostra que pode acontecer certas coisas com qualquer um, se é que você me entende hahaha.

      Excluir
  2. Já li o livro e assisti o filme, choro demais. Adorei a resenha.

    ResponderExcluir
  3. Eu amo esse livro...simplesmente adoro os protagonistas e a escrita do autor. Indico muito mesmo sendo um final que não tenha agradado a todos.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. O final é realmente triste, porém realista. Também adoro o livro ;)
      Beijos

      Excluir

© REALITY OF BOOKS - 2012. Todos os direitos reservados.
Por: SHAIRA FOTO E DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo