Reality Of Books: Resenha: Clara Hutt Uma Vida de Bandeja - India Knight

Resenha: Clara Hutt Uma Vida de Bandeja - India Knight




Sinopse:
Clara Hutt tem trinta e poucos anos. É casada, tem dois filhos e mora numa bela casa em Londres. Mas se ela conseguiu realizar o sonho da maioria das mulheres, nem por isso deixou de ter seus problemas. Clara vive bem acima de seu peso e sofre com o desinteresse de seu marido em um relacionamento em crise. Sua vida, aparentemente normal, sai dos eixos quando entra em cena um bailarino irlandês supersensual, que começa a mudar, de uma hora para outra, o comportamento dessa anti-heroína. Um romance hilariante que está para as mulheres casadas como "O diário de Bridget Jones" para as solteiras.










Clara Hutt é uma jornalista de trinta e poucos anos, casada com Robert, também jornalista, e mãe de dois filhos super fofos (Charlie e Jack). A vida dela parece maravilhosa para todos que olham de fora, mas não para si mesma, pelo menos, é assim que ela se sente. Clara tem problemas com seu peso, como toda mulher normal, sempre de olho na balança e que ás vezes quando acorda, pensa: "Hoje acordei gorda". Mãe de Clara, Kate, está sempre dando os toques na filha sobre seu peso, sua vida e tudo mais. Sim, é uma mãe bem detalhista e observadora.
Essa é a vida que Clara Hutt leva, será que é mesmo Uma Vida de Bandeja quando ela sente que seu casamento está desmoronando?


"Não existe nada como outra pessoa estar dentro de casa fisicamente, mas fora de alcance, para nos fazer sentir abandonados."

O chick-lit é realmente muito bom, não é um dos melhores que já li, mas com boas criticas e uma narração super leve mesmo que cansativa ás vezes. O livro não deixa de ser gostoso e fácil, é uma leitura super rápida, que nos faz rir muito em algumas partes e outras, refletir sobre a vida de Clara e sobre a nossa, nda muito profundo, afinal, é apenas uma leitura para passar o tempo.

Por mais que a vida da protagonista pareça uma maravilha, ela se sente desmoronando por causa de seu casamento com Robert, então, passa a se sentir pressionada por conta do marido, filhos e peso, uma crise de meia idade basicamente, alguns momentos soltei risadas e outros queria acabar logo o livro para ler outro.

"E há dias em que eu acordo com um sentimento sorrateiro de que minha vida realmente não é tudo o que ela devia ser."

Adorei os personagens desse livro, principalmente Jack e Charlie, são muito fofos, dei muita risada com alguns diálogos que envolvia os filhinhos da protagonista. Robert também é um personagem maravilhoso, muito bem escrito e bom marido, apesar de tudo.

O que mais gostei no livro, foi o final, bem esperado, mas realista. Apesar de simples, adorei o jeito como foi desenvolvido, do jeito que tudo aconteceu, quem leu, entende o porque, acho eu.
Recomendo a todos que adoram um bom Chick-lit e gostaram de O Diário de Bridget Jones.

2 comentários:

  1. Oi Catharina! Achei muito legal esse livro. Não conhecia essa autora. Obrigada pela dica.
    Beijos!!!
    http://literaturaeeu.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é muito legal mesmo, leia se puder. Recomendo.
      Beijos ;)

      Excluir

© REALITY OF BOOKS - 2012. Todos os direitos reservados.
Por: SHAIRA FOTO E DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo